Não valorizam seu artesanato? 5 dicas para agregar valor!

á aconteceu com você de sentir que seu artesanato não é valorizado ou reconhecido como você gostaria? Então você está…
por 

J

á aconteceu com você de sentir que seu artesanato não é valorizado ou reconhecido como você gostaria?

Então você está no lugar certo! Abaixo compartilho um vídeo com 5 dicas que irão te ajudar a agregar valor em seu trabalho, para que não tenha mais que passar por isso.

Agregar valor faz com que melhore a percepção que o seu cliente em potencial tem sobre o que oferece.

Como sei o quanto produzir algo artesanalmente dá trabalho e por acreditar que toda artesã merece ser valorizada por isso, eu decidi gravar esse vídeo:

Não valorizam seu artesanato? Confira esse vídeo:

 >> Clique aqui pra se inscrever no canal <<

5 dicas para agregar valor ao seu artesanato

1) Ofereça uma experiência diferente

Como você tem feito a descrição de cada produto? Como tem contado a história do seu negócio? Como é sua embalagem, como é sua entrega?

Para agregar valor, você precisa oferecer uma experiência diferente, algo que marque a pessoa. E não precisa ser nada “fantabuloso”, estratégias simples são as que mais funcionam.

Hoje em dia é bacana você pensar em experiências instagramáveis, ou seja, criar experiências que instiguem o cliente a compartilhar em seu Instagram ou rede social o que recebeu. Além de agregar valor isso também vai te ajudar a fidelizar clientes e divulgar seu negócio!

Agregar valor - Experiência instagramável

Vou colocar aqui uma foto de uma estratégia simples que uma lanchonete da minha cidade adotou: eles escrevem sempre um recadinho no pacote.

Simples né? E tão cuidadoso que dá sempre vontade de tirar uma foto e postar no Instagram.

2) Tenha um atendimento pré, na venda e no pós-venda memorável

Atenda como gostaria de ser atendida. No pós-venda não abandone a pessoa, acompanhe para ver se ocorreu tudo bem com a entrega e se pode ajudar em algo mais.

Atender bem é obrigação, mas impressionante como ainda tem muita gente que não aplica essa regra! E só de você ser educado e gentil e acompanhar seu cliente até o pós-venda, já é um diferencial que agrega valor ao seu negócio.

Agregar valor está em você ter um propósito: o de transformar positivamente vidas a partir do que sabe e ama fazer.

Falei no vídeo sobre Eu não sei vender meu artesanato de uma frase que gosto bastante: Pare de vender e comece a ajudar.

3) Sua fotos despertam vontade de comprar o que produz?

As fotos que você tira do seu trabalho estão fazendo juz à peça? Estão nítidas, iluminadas, com cores vibrantes? Elas mostram os detalhes? Elas despertam a vontade de comprar o produto?

As fotos são o gargalo de muitas artesãs. Muitas vezes você pode não ser valorizada como poderia, simplesmente por não estar agregando valor com fotos que despertam a vontade de comprar.

Uma dica? Pesquise empreendedores criativos consagrados e veja como eles apresentam seus produtos. Coloque como meta esse nível de apresentação. E vá melhorando até chegar lá.

Um artesão que admiro e gosto muito das fotos é o Peter Paiva, por exemplo. Inspire-se.

4) Branding: Qual marca você deixa?

Frase - Cliente Solução Empreender Empreendedorismo - Paty Pegorin

Qual é a marca que você deixa na cabeça do seu público? Estratégias de branding ou gestão de marca te ajudam a definir isso.

Comece a encarar seu trabalho com artesanato como negócio e seu negócio como marca. Quando você dá mais atenção ao seu branding você começa a ocupar um lugar mais especial na mente do seu público-alvo e isso faz com que seu trabalho seja mais valorizado como consequência.

Branding te ajuda a criar um posicionamento único em seu mercado.
Te dei 4 dicas sobre como criar o seu na aula gratuita que está aqui embaixo.

5) Mostre o processo de produção

Uma dica incrível pra agregar valor ao seu trabalho é mostrar seu processo de produção. Por incrível que pareça muita gente não tem a menor noção do trabalho que dá fazer algo artesanalmente, mostre!

Faça stories das etapas, mostre como é seu processo de produção. Isso faz com que as pessoas dimensionem muito mais o VALOR do seu trabalho ao invés de se apegarem ao preço porque agora sabem como é trabalhoso fazer o que você faz.

E o efeito colateral de fazer isso é que mostrar bastidores gera mais conexão e vivemos a era das conexões! As pessoas sempre tendem a comprar de quem mais confiam.

Saia da guerra de preços. Agregue valor ao seu trabalho.

Com:

  • Experiência;
  • Atendimento memorável;
  • Fotos incríveis;
  • Posicionamento definido;
  • Mostrando seu processo de produção.

Você vai conseguir aumentar cada vez mais a percepção de valor que as pessoas têm do seu trabalho.

E para te ajudar ainda mais nisso, eu gravei uma aula gratuita chamada:

5 passos para vender mais artesanato e lucrar com seu trabalho mesmo tendo poucos seguidores
Setas

5 passos para vender mais artesanato pela Internet e lucrar com seu trabalho mesmo tendo poucos seguidores

Clique aqui para se inscrever gratuitamente e assistir a aula

Gratidão e a gente se vê na aula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *