Motivação, Positividade

Sem limites para ser o que deseja e fazer a diferença!

E se pudesse utilizar 100% do seu cérebro? Você confere o que aconteceria neste filme que traz uma reflexão sobre como seria se pudéssemos viver sem limites

Diz a lenda que usamos apenas 10% do potencial de nosso cérebro durante a vida (apesar da Super Interessante jurar que é mentira), mas imagine um mundo onde poderíamos utilizar uma droga que fizesse com que esta porcentagem aumentasse para 100%!

Dica de Filme - Sem Limites - Empreendedorismo Criativo

Você se tornaria mais organizado, aprenderia coisas mais facilmente, conseguiria identificar padrões em situações cotidianas e até prever situações por conta da análise rápida destes padrões.

Não daria lugar para timidez e outras bobagens limitadoras que nos forçamos a acreditar durante a vida (e por conseqüência termos determinados comportamentos). Seria mais amigável. Trabalharia melhor. Aproveitaria oportunidades sem medos bobos. Enfim, teria uma vida mais produtiva.

Este é o cenário do filme Limitless (Sem Limites) que quero indicar hoje. O protagonista (Bradley Cooper) atinge este patamar de produtividade do cérebro, mas utilizando uma droga para isto.

As situações que isto implica e como ele escapa delas é o que você verá no desenrolar da história. E eu realmente considero um bom filme, digno de indicação, principalmente pela reflexão que ele pode nos trazer.

E se você pudesse agora mesmo utilizar todo o seu potencial mental? Será mesmo que não pode? Será que não pode neste exato momento fazer o exercício de “se analisar de fora” e perceber padrões que vêm executando há muito tempo e eliminá-los da sua rotina?

Dica de Filme - Sem Limites 2 - Empreendedorismo Criativo

O que quer mudar em sua vida? Por que acha que precisa esperar uma “situação ideal” para começar esta mudança? Por que não pode neste exato momento começar a ser aquele que sempre sonhou?

Nós temos a péssima mania de projetar coisas para o exterior e para o impossível e acreditamos nos limites impostos a nós pela sociedade, pelo nosso ambiente, pelo que insistem em repetir e separar em possível e impossível.

Mas eu acredito mesmo que podemos viver uma vida melhor exatamente agora. Ouvindo o coração, fazendo aquilo que ele repete insistentemente dentro de nós que é aquilo que viemos fazer nesta experiência de vida.

Eles adoram chamar isto de clichê, eu prefiro chamar de chave da felicidade.

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+3Pin on Pinterest0Tweet about this on Twitter

Escolhi estes outros conteúdos pra você!

Comente com seu Facebook:

Nenhum Comentário

Comente algo

Rodapé - Paty Pegorin

Google+
Paty Cursos Biblioteca Faça Acontecer Contato Gratidão